C de Prata - Rafael Linhares Pacheco

RAFAEL LINHARES PACHECO – INSIGNIA C DE PRATA AEROCLUBE DE BEBEDOURO/SP.

Após 2 vôos de 5 horas consecutivos, e um desligamento em um "canhãozinho" de +3 integrado, com 1700m de base, não pude resistir... Proa de Barretos com destino a tão conhecida entre os pilotos do Aeroclube de Bebedouro Fazenda Brumado.

Até Barretos tudo ok, sem perder muita altura, sempre acima de 1100m. Agora depois de Barretos, nos ~13km que faltavam até a fazenda, começa uma reciclagem e ja começo a descer, devagar tentando girar alguns "fiapos" de +0.5 quando muito. Avisto a fazenda com uma sujestiva cumulus até que definida bem na vertical, "toco" pra la e vamos ver no que dá. Já chego lá com +/- 700m de altura e a tal cumulus já tava "emagrecendo", fico insistindo num "zerinho", começo a descer devagar, e quando bate 500m no altímetro, chegam 3 urubus na vertical de uma das cabeceiras e começam a girar, na mesma hora chego junto deles e explode um +2 que faz a gente comer as orelhas com o sorriso, subo o que da ali. A 1400m aprôo Barretos, que pelo menos é asfalto, e o C de Prata ta garantido, só voltar pra casa para fechar o dia tranquilo.

Em Barretos, de cara ja chego com uma coluna de urubús balizando uma térmica com uma "baita" cumulus, que já me leva para a base das nuvens. Vou indo meio conservador, sempre calculando o cone de Barretos e o que falta pra Bebedouro, e quando vejo tem uma estrada mais do que perfeita pra me levar pra casa. Chego em bebedouro folgado, cruzando o aeródromo a uns 1300m, pois pra variar na cidade estava bombando. Subo mais um pouco ali, e ainda sobra tempo e térmica pra dar mais uma voltinha, sem sair de casa agora pra ficar tranquilo.

Pouso aos 17:30 local, após 4:21 horas de vôo e 177km OLC voados. Bons vôos e boas térmicas a todos!
Rafael Linhares Pacheco. 

Redes Sociais