Sexta-feira (12/09)

Escrito por edição em .

Temperatura mais alta, ar mais seco. Os dois primeiros argentinos chegaram hoje a Formosa e já treinaram. Eles participam da Etapa Nacional, que começa domingo. Mas os cumulus sumiram e obrigaram os participantes da quinta prova do Regional Centro-Oeste a voar no azul de novo.

Para voar no azul os pilotos precisam usar toda a sua técnica e acreditar numa térmica sem baliza, lá na frente. Em vez de olhar para o céu e escolher os melhores cumulus, é preciso olhar para o chão e escolher o melhor campo arado, a melhor encosta, o dust-devil salvador... saber qual será e quando viró o gatilho que vai acionar a térmica salvadora.

Sem nuvens, insolação não é problema, esta época do ano, no Centro-Oeste. E com a volta do calor, as "bases", mesmo que invisíveis, estão muito mais altas. O negócio é nariz embaixo e voar em frente, porque a térmica virá.

VENCEDORES

Foi assim que Fabiano Aroeira conseguiu vencer a prova desta quinta-feira com seu Ventus B. Fez uma média de 103km/h, muito acima dos 90,9 do segundo colocado André Nardelli no seu Taurus.

Na classe Open, a surpresa foi... que não teve surpresa. Egon Rehn conduziu seu Quintus M com maestria e faturou os 1.000 pontos com uma média de 123km/h. Também muito acima dos 103 km/h do segundo colocado, Cláudio Blois, com seu LAK 17.

Estes números bem mostram o quanto foi bem Fabiano Aroeira, no Ventus. Ele fez a mesma média que o segundo colocado da categoria dos "aludos".

Egon mantém a liderança na Open, seguido de Cláudio Blois e Julio Ribeiro. Enquanto isso na Racing os três andrés vão dividindo a liderança palmo a palmo e com diferença menor que 100 pontos. O líder é André Nardelli (Taurus), seguido de André Meneghin (Jantar) e André Lautert (DG 400).

Esta sexta-feira é dia de tudo ou nada. Fabiano conseguirá tirar os poucos mais de 180 pontos que o separam do líder e dos outros andrés? Ou teremos um inédito pódio, na Racing, com três andrés? Egon vai confirmar os mais de 400 pontos que tirou do segundo colocado, Blois, na categoria Open?

Vamos assistir.

 

 

 

Quinta-feira (11/09)

Escrito por edição em .

Fotos de hoje, 5° dia de provas do regional Centro-Oeste no 56° Campeonato Brasileiro de Voo a Vela. 

 

 

 

Resultados - Quarta-feira (10/09)

Escrito por edição em .

Egon Rehn - Quintus M - ER, na categoria Open e André Meneghin - Jantar Standard 3 - R - na categoria Racing, foram os vencedores das provas desta quarta-feira da etapa Centro Oeste do 56º Campeonato Brasileiro de Voo a Vela. O certame está sendo realizado no Aeroporto de Formosa - Goiás, sede do Aeroclube do Planalto Central e reúne os melhores pilotos de planador de todo o país.

A quarta-feira começou com um vento insistente e com uma camada de nuvens ao Norte, que chegou a assustar alguns competidores. Mas a sondagem meteorológica era animadora e a quarta-feira acabou se confirmando como um dos melhores dias para voar.

Depois da decolagem de todos os competidores - com cinco rebocadores os planadores estavam no ar em menos de uma hora - começaram a aparecer as primeiras nuvens cumulus, as preferidas dos volovelistas. Primeiro elas apareceram timidamente, mas depois "pipocaram" rapidamente e chegaram a formar excepcionais estradas de nuvens.

Pior para Fabiano Aroeira, que venceu a prova de terça-feira. Ele largou cedo e já estava longe, quando percebeu que muita gente voltava para uma nova largada. Resultado, ficou em quarto. Já André Meneghin, na categoria Racing, acertou a mão e deixou os outros dois andrés, Nardelli (segundo) e Lautert (terceiro), para trás. Ganhou a prova desta quarta e ainda assumiu a liderança da competição.

Na Open, Egon Rehn faz valer a modernidade e a qualidade do seu novíssimo e excepcional Quintus M - ER. Ganhou de novo. Ele só não venceu a segunda prova, num dia que foi muito ruim para todos.

Amanhã, todo mundo no grid de novo. E novas emoções vêm por aí, neste brasileiro sensacional.

 

Vista aérea do grid da quarta-feira

Vista aérea do grid da quarta-feira

 

Quarta-feira (10/09)

Escrito por edição em .

Egon Rehn - Quintus M - ER
Vencedor da categoria Open e líder da etapa Centro-Oeste do Brasileiro de Voo a Vela

 

Rebocador coloca para voar mais um dos competidores, nesta quarta-feira em Formosa-GO

 

Etapa Regional do Brasileiro - 3º Dia

Escrito por edição em .

Finalmente a meteorologia permitiu uma boa prova no Brasileiro de Voo a Vela, disputado em Formosa-GO.

Bom, para os "aludos", planadores com asas de 25, 26 metros de envergadura, não houve grandes problemas. Mas para o pessoal dos 15 a 17 metros o tempo deixou muita gente pelo caminho nos dois primeiros dias.

Esse pessoal de melhor performance, da classe Open, vem voando boas provas e, com três disputadas, aparece o favoritismo do Quintus M de Egon Rehn. Noves fora o fato da máquina ser sensacional, o piloto tem experiência internacional e voa muito. Superou Julio Cesar Ribeiro, que pilota ASH 25 e que vinha liderando até ontem e leva mais de 100 pontos de vantagem para o segundo colocado, Claudio Blois Duarte, que voa de Lak 17 e também tem todas as experiências possíveis no currículo. Esses três representaram o Brasil no Mundial de Uvalde, nos Estados Unidos, em 2012.

Já na classe Racing, Fabiano Almeida finalmente parece ter acertado o Ventus B e conseguiu uma prova com média superior a 100 km/h. Mesmo assim ele permanece em quarto.

A curiosidade apareceu nas três primeiras colocações, todas ocupadas por um André. O líder é o gaúcho André Lautert, de DG 400, seguido de André Nardelli, de Taurus e André Meneghin, de Jantar Standard 3. A diferença do primeiro para o terceiro está na casa apertadíssima dos 100 pontos. Nas próximas provas tudo pode acontecer, inclusive nada.

A meteorologia tende a melhorar e a briga da galera, também.

 

Grid (quarta-feira)

 

Céu em Formosa

 

Céu em Formosa

 

Céu em Formosa

 

Redes Sociais