O QUE É VOO A VELA?

Voo a Vela é o esporte que permite ao homem voar como os pássaros, em uma aeronave sem motor e que aproveita as forças da natureza para ganhar altura e percorrer grandes distâncias.

 

O planador é uma aeronave sem motor, mais densa do que o ar e com uma configuração aerodinâmica semelhante a de um avião, que se mantém voando graças às correntes atmosféricas.

 

Mas se ele não tem motor com faz para iniciar o voo?

 

No Brasil, o sistema mais utilizado para colocar o planador em voo é o reboque por avião. Ligados por uma cabo, o avião rebocador puxa o planador até uma altura adequada para o voo, quando o piloto do planador comanda o desligamento e passa a buscar as correntes ascendentes, chamadas de térmicas, para se manter em voo.

 



Outra forma de reboque, esta muito comum na Europa, é a utilização de um guincho motorizado instalado na extremidade oposta da pista de decolagem que rapidamente recolhe o cabo de reboque, imprimindo velocidade ao planador que logo ganha altura para iniciar seu voo.

 

Alguns planadores possuem um motor próprio, podendo ser retrátil ou não, que os permite decolar sozinhos. Depois da decolagem o motor é recolhido e ele passa a voar como um planador convencional.

 

Embora existam muitas modalidades de Voo a Vela, a mais comum é a que utiliza as correntes ascendentes (térmicas) para ganhar altura. Outras opções de voo são os voos de colina, em que o piloto utiliza o vento que vai de encontro a uma colina, subindo e elevando o planador junto com essa corrente ascendente de ar. Existem também modalidades de termolina, onde se misturam as térmicas geradas por bolsas de ar quente misturadas a modalidade de colina, e ainda existem os voos de ondas estacionárias, em que se alcançam altitudes muito mais elevadas.

 

No Brasil, o esporte tem praticantes nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste. A região de Formosa, no estado de Goiás, tem-se mostrado como uma das melhores áreas para voos em distância.  Algumas regiões do Nordeste brasileiro são ainda melhores, embora praticamente não possuam clubes, como Luís Eduardo Magalhães/BA.



© 2019 FBVV - Federação Brasileira de Voo a Vela - FBVV - Federação Brasileira de Voo a Vela. Todos os direitos reservados.